segunda-feira, 20 de novembro de 2017

DEPOIMENTO 04 - O MEU OLHAR SOBRE O PROJETO DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA



        Há pouco mais de 01 ano comecei a trabalhar como orientador no Projeto de Inovação Pedagógica (PIP). Como sou jovem, do ponto de vista cronológico, embora tenha iniciado meu trânsito na educação desde os 16 anos de idade, foi através do PIP que aprendi a crescer pedagogicamente em minhas atividades funcionais.
       Quando vi o edital de seleção para orientador do PIP, através de grupos do WhatsApp, enxerguei naquele momento uma oportunidade de amadurecimento e enriquecimento profissional, principalmente no que se refere ao currículo. Fiz minha inscrição, passei por todas as etapas de seleção com o sentimento de que “se não desse certo, eu teria outras oportunidades”, mas deu, e deu muito certo.
      Ao chegar às primeiras formações para os orientadores, ofertada por orientadores “veteranos”, me senti muito feliz, pois naquele momento eu percebi e recordei-me de um texto dito por Maria Bethânia no lançamento do CD - Maricotinha -, qual seja: “[...] eu estou nesse momento aprendendo o meu ofício” que, no meu caso, é ser: PROFESSOR.
         Fiz o primeiro contato de orientação com as escolas das 1ª, 6ª, 8ª 11ª e 15ª Diretorias de Educação e Cultura com muito cuidado e zelo. Eu me sentia um peixe pequeno a nadar em um mar de tubarões, em virtude da grande experiência prática pedagógica que algumas instituições tinham. No entanto, não me senti tímido, enfrentei o grande mar com humildade, sinceridade e coragem. Foi através destas virtudes que conquistei minhas escolas.
        Sempre muito zeloso, e às vezes sincero demais (porque este é o meu jeito de ser), estabelecia contato com o nosso coordenador geral e com as demais colegas de assistência do PIP: otimista com algumas coisas, e aflito com outras. Os contatos me serviram de grande sustentação, pois eu desligava a chamada via celular sempre contente e esperançoso.
       A título de definição do projeto, porque eu sou da corrente teórica da terminologia na vida acadêmica, defino, para mim, em verbete de dicionário:

PIP Subs. 1. Abreviação de: Projeto de Inovação Pedagógica. 2. Projeto que oportuniza as pessoas e escolas melhorarem e inovarem suas práticas pedagógicas. 3. Oportunidade de crescimento cultural e intelectual do ponto de vista didático e pedagógico. < [...] foi através do PIP que aprendi a crescer pedagogicamente em minhas atividades funcionais >. Pedagogical Innovation Project.

        Por todas as razões que aqui aponto, e pelas quais não me foi possível dizer aqui, sou imensamente grato à SEEC e Coordenação Geral do PIP pelas oportunidades que tive durante os anos de 2016/2017 e pela grande contribuição profissional que obtive através das formações, cursos de capacitações, reuniões de equipe e noites regadas a vinhos em discussões intelectuais, e da vida, com as amigas Lúcia Monteiro e Vicência Santos. Ao PIP e a todos que dele fazem parte: MUITO OBRIGADO!


                                                    Açu/RN, 20 de novembro de 2017.

Professor Victor Rafael do Nascimento Mendes
Orientador Pedagógico do PIP

Nenhum comentário:

Postar um comentário