sexta-feira, 25 de agosto de 2017

DAS ÁGUAS DA LAGOA AZUL ÀS MARGENS DO CONHECIMENTO

Sob a orientação da Professora Maria Vicência de Arimatea dos Santos (SEEC/RN), a Escola Estadual Alceu Amoroso Lima realizou as primeiras ações do Projeto Inovação Pedagógica (PIP) junto às famílias e alunos da sua comunidade ao longo do 2º bimestre. Essas ações consistiram em reuniões para tratar da importância dessas atividades e da participação efetiva de todos para o sucesso do projeto, uma vez que o seu objetivo principal é aumentar o desempenho escolar dos estudantes e reduzir o índice de evasão e repetência. Para isso, optou-se pela inovação da prática pedagógica através do uso significativo das mídias digitais de comunicação para incentivar os alunos na construção do seu próprio conhecimento.
A primeira ação foi direcionada às famílias, onde os pais tiveram a oportunidade de conhecer os objetivos do projeto, as ações planejadas, retirar dúvidas e sugerir ideias. A importância das opiniões dos pais se deve ao fato de que o tema do projeto gira em torno dos conhecimentos que os alunos podem adquirir explorando o próprio bairro onde moram e onde se localiza a escola: o bairro Lagoa Azul. Este bairro é bastante extenso e possui alto índice populacional, o que intensifica a prática de atividades esportivas e culturais, gerando excelentes oportunidades de aprendizagem. Realizada sob a coordenação do Professor de Geografia Alexandre Jurema de Araújo, esta primeira ação foi o marco inicial do plano de ação, na qual foi possível confirmar a relevância do tema e a pertinência dos conteúdos a serem trabalhados.
Os encontros com os estudantes foram organizados por grupos de acordo com o ano de escolaridade e foram realizados com todos os alunos do turno vespertino numa sala especialmente montada para este fim, onde eles puderam expor as suas expectativas em relação à escola. Sob a coordenação do Professor de História Andrey Ricardo de Oliveira, atual vice gestor da unidade, essa segunda ação do projeto objetivou não só divulgar o PIP, mas, principalmente, motivar os discentes a participarem dessa nova perspectiva de educação que é a inovação das práticas de ensino, pois a inovação pedagógica em parceria com a participação efetiva do alunado é a combinação perfeita para a ampliação dos conhecimentos que eles já possuem.




ESCOLA ESTADUAL ALCEU AMOROSO LIMA
EQUIPE:
GESTOR: Reinan Alessandro de França
VICE GESTOR: Andrey Ricardo de Oliveira
COORDENADORA PEDAGÓGICA: Maria Roseane Cruz Ribeiro
COORDENADOR DO PIP: Alexandre Jurema de Araújo
ORIENTADORA: Maria Vicência de Arimatea dos Santos

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

PIP - Inovar para Transformar, sempre!



A metodologia dialógica e participativa fundamentou no dia 05 de agosto, mais um encontro pedagógico da Escola Estadual Jerônimo Vingt Rosado Maia. Inspirados pelo Tema do Projeto de Inovação Pedagógica da Escola – PIP: ”Inovar Para Transformar”, os educadores de todos os níveis e modalidades de ensino da EEJVRM discutiram, juntamente com a orientadora do Projeto e representante da 12ª DIREC Antônia Zilma, pressupostos para o fortalecimento das ações geradoras de bons resultados. A pauta do encontro fora planejada em encontro prévio realizado pela orientadora juntamente com a equipe pedagógica da escola e a Professora Coordenadora do Projeto Glaucia Bessa.  Temas relacionados ao controle da frequência, indisciplina, estratégias de aprendizagem, planejamento e INOVAÇÃO foram potencializados pelo grupo.
Muitos desafios foram abordados e estratégias para sua superação foram analisadas, entre elas: a efetivação dos planos de intervenção pedagógica; o monitoramento da infrequência, o planejamento sistemático e o registro de atividades significativas fundamentadas no fortalecimento da equipe.Após as discussões, as especificidades foram melhor abordadas em dois grupos de trabalho: 
A equipe dos Anos Iniciais, elaborou atividades estratégicas de aprendizagem colaborativa e a equipe dos Anos Finais avaliou e planejou estratégias para a realização das próximas ações previstas pelo PIP. Iniciativas como essa reforçam a ideia do trabalho colaborativo, a partir do qual os programas e projetos vivenciados na escola devem servir como oportunidades de redimensionamento a fim de complementar, fundamentar e inspirar novas práticas. De acordo com a Coordenadora do PIP, Professora Gláucia Bessa “Esses encontros são sempre muito válidos, pois é através de momentos como esses que nos fortalecemos com ideias, experiências e motivações para que possamos trabalhar de forma mais clara e ampla com nossos alunos. Nosso maior objetivo maior é trazer esses conteúdos de forma interdisciplinar para dentro do seu cotidiano”.